Nossa CidadeRegião

Estrada que liga Jacuí a Fortaleza e BR-265 foram pautas de audiência no DNIT

Os vereadores Ronaldo Correa, Jurcelino, João Jorge e Ednei participaram na tarde desta quarta-feira (08), em Brasília, de uma audiência no DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes). O deputado federal Emidinho Madeira, que marcou a reunião, também esteve presente.

Entre os demais assuntos, a questão do asfaltamento do trecho de cerca de 9 quilômetros da rodovia BR-265, entre Jacuí e Bom Jesus da Penha, voltou a entrar em pauta. Foi solicitado ao diretor de finanças da entidade Márcio Medeiros o término do asfaltamento. Também foi verificado a possibilidade de federalização da estrada que liga Jacuí a Fortaleza de Minas.

BR-265

A construção da BR-265, que liga Jacuí a Alpinópolis (MG), está parada e gera transtorno aos motoristas que precisam passar pelo local. A pavimentação do trecho teve início em 2007 com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento II (PAC), mas se arrasta desde então.

As obras apresentaram problemas desde o início. O Tribunal de Contas da União constatou um superfaturamento de R$ 1,2 milhão. As obras também começaram antes da conclusão de processos judiciais envolvendo desapropriações de terras.

Agora, depois de 10 anos, e com os problemas de desapropriações resolvidos, os vereadores cobraram a atualização do projeto de pavimentação.

O diretor do DNIT Márcio Medeiros afirmou que a obra já está no orçamento de 2019 e somente não foi iniciada devido a necessidade da licença ambiental.

O deputado Emidinho Madeira se comprometeu com o diretor afirmando que irá cobrar o Ibama para que agilize o processo. Só então, uma nova licitação deve ser feita.

Estrada Jacuí/Fortaleza

Um sonho antigo de jacuienses e fortalezenses é o asfaltamento do trecho que liga as cidades de Jacuí e Fortaleza de Minas.

Como a estrada é estadual, o DNIT não tem responsabilidade sobre ela. Portanto se a estrada for federalizada as chances de acontecer este asfaltamento serão bem maiores, já que o estado de Minas Gerais não tem condições de realizar a obra.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo