Nossa Cidade

Arantes é recebido pelos comandos das polícias Civil e Militar para tratar temas ligados à segurança pública de Jacuí

O deputado Antonio Carlos Arantes, acompanhado do prefeito Geraldo Magela, do presidente da Câmara Municipal, Zé Gordo, e do ex-prefeito João Arantes, foi recebido em audiência na última terça-feira (04) pelo comando das polícias Civil e Militar para tratar de temas ligados à segurança pública de Jacuí. Entre elas, a transferência de subordinação policial do município, que hoje é em Passos, para São Sebastião do Paraíso, e o aumento de efetivo na cidade.

O primeiro encontro foi com o delegado geral de Polícia Civil, Wagner Pinho. Arantes levou um mapa para explicar as razões do pedido: “Jacuí está a 30 km de asfalto de Paraíso e a 50 km de Passos, sendo 15,9 deles de terra. Então, Jacuí tem mais laços com Paraíso, do que com Passos, porque a viagem é rápida e mais fácil”, explicou.

Em resposta ao pedido do deputado Arantes, o delegado Wagner Pinto autorizou a designação de um delegado e dois investigadores para o município nos próximos três meses. Quanto à transferência de subordinação, avisou que solicitará um estudo técnico para sua execução.

Arantes agradeceu pelo aumento de efetivo e também pela implantação da delegacia especializada em Crimes na Zona Rural: “Esse é um projeto nosso que saiu do papel, graças à sensibilidade do Governo Zema e a dedicação da Polícia Civil. Sabemos da falta de recursos, mas estamos trabalhando para conseguir junto a deputados parceiros emendas parlamentares na ordem de R$ 3 milhões para esta delegacia combater o avanço do PCC em Minas, além de roubos de cargas, de gado, de máquinas agrícolas e muitos outros crimes”, anunciou.

Em seguida, Arantes e a comitiva de Jacuí foram recebidos pelo Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Geovanne Gomes da Silva, para tratar do mesmo assunto. 
Participaram da reunião o Assistente Militar da Presidência da Assembleia Legislativa, Coronel Baracho, e o Tenente Coronel Luiz Reis, assessor de Relações Institucionais.
O comandante Geovanne ouviu a exposição do deputado Arantes e imediatamente determinou um estudo de viabilidade para a mudança de subordinação, que ficará pronto em até 30 dias.

*Fonte: Facebook Deputados Antônio Carlos Arantes

Faça parte do nosso grupo no WhatsApp! Clique aqui.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo