Nossa Cidade

Preços dos combustíveis em Jacuí superam a média nacional

Preço médio no estado é maior que o nacional e fica atrás apenas do Rio de Janeiro e Acre. Sucessivas altas do combustível pesam ainda mais nas cidades pequenas e mais distantes da capital.

De acordo com o levantamento feito pela Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), Minas Gerais é o terceiro estado brasileiro com a média do litro mais caro do país, ficando atrás apenas do Acre e do Rio de Janeiro.

Os dados da última semana de abril, mostraram que os mineiros pagaram em média R$ 4,794 pelo litro da gasolina, enquanto a média nacional ficou em R% 4,504. Em Jacuí, o valor médio também ultrapassou a média do país, chegando à R$4,944.

Na última segunda-feira (29) , a Petrobras anunciou um aumento de 3,5% no preço médio do litro da gasolina nas refinarias. Com isso, o preço está em R$ 2,045. É o maior valor desde 23 de outubro do ano passado (R$ 2,0639). Foi o segundo reajuste em uma semana. O anterior, de 2%, ocorreu no dia 23.

Segundo a petroleira, o repasse de preços ao consumidor final, depende das distribuidoras e revendedoras, do valor do etanol anidro misturado à gasolina, entre outros fatores. Mas o que se percebe é uma alta generalizada nas bombas, principalmente no interior. O peso é maior ainda nas pequenas cidades do extremo Norte do estado, onde o preço da gasolina passa de R$ 5, bem acima das médias nacional e estadual. E a notícia ruim para os consumidores é que a tendência é de que os preços venham subir mais ainda.

Os preços do etanol em Minas tem cenário é inverso quando se compara o valor cobrado nas bombas em Minas e do restante do Brasil. Segundo a ANP, o preço médio do litro do etanol no estado é o quarto mais barato do país, ficando atrás apenas de Goiás, São Paulo e Paraná. Mesmo com o preço entre os mais baixos do país, porém, a média em Minas ficou acima da média nacional. O valor do combustível em Minas em abril foi de R$ 3,314, enquanto no Brasil o valor médio foi de R$ 3,127. Em Jacuí, a média registrada nesta quinta-feira (02) foi de R$ 3,239.

Contribuiu: Estado de Minas

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo