ColunistasFernando de Miranda

Candidato a prefeito: só querer não basta

(Reprodução)

Eleições Municipais às portas (ainda duvido que aconteçam), mas, em se tratando de principalmente, não há como certas coisas. Quero dizer: estamos cancelando tantos eventos de vital importância, pelo combate ao novo Coronavírus, por que este não, senhor Ministro Presidente do TSE? O que leva um cidadão, cidadã, político de carreira, ou não, a querer ser prefeito de sua cidade? Lançando um breve olhar sobre Jacuí, já se ouve, aqui e ali, burburinho, agito, sobre futuros pretensos candidatos. Bem, vamos explorar ideias sobre o tema: época de crise política brava, eleitor no Brasil, hoje, mais consciente e descrente dos políticos em geral e, ainda assim, surgindo os candidatos?! Continuando a explorar… Ser prefeito, chefiar o poder executivo municipal… E quais são as características necessárias? “Para ser um prefeito, é necessário que o indivíduo entenda as raízes dos problemas sociais e urbanos, tenha noções da história do país e do estado. Além disso, o prefeito precisa entender da economia e do contexto em que o município está inserido para conseguir administrá-lo corretamente. Conceitos de direito e de legislação também são importantíssimos, inclusive para saber fazer reivindicações. Outras características: honestidade, vontade de ajudar a resolver os problemas sociais pró-atividade, responsabilidade, capacidade de observação, capacidade de falar em público, capacidade de distinguir prioridades, capacidade de organização, dinamismo, metodologia, concentração, disciplina, espírito de liderança, comprometimento”. Ainda quer ser prefeito?! Bom salário para cumprir tudo isso, hoje, tem. Vale lembrar que antigamente era mais difícil. Sabe, os prefeitos e vereadores mantinham suas atividades profissionais e cuidavam do município por livre vontade de servir. Caminhavam, lado a lado, autoridades e comunidades, e iam resolvendo os problemas diretamente. O vereador era voluntário, não recebia nada por isso.  Espere! Os tempos mudaram! E os tipos de problemas são outros, e mais difíceis. Sim! Hoje, além da implacável LRF – Lei de Responsabilidade Fiscal, os representantes eleitos são cobrados pelos atentos eleitores mais conscientes, e sabedores do que seja uma administração, por conta do desenvolvimento que impera numa sociedade civil. Ser prefeito é lidar com situações adversas. Com a palavra, os pré-candidatos.

FERNANDO DE MIRANDA JORGE
Acadêmico Correspondente da APC
Jacuí/MG
E-mail: fmjor31@gmail.com

➡️ Receba as notícias através do grupo oficial do Portal Jacuí no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nossos administradores conseguirão fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. 👉 Clique aqui.

Fernando de Miranda Jorge

Acadêmico Correspondente da APC Jacuí/MG - fmjor31@gmail.com

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo