Região

Boletim sobre a Dengue: São Tomás de Aquino, Fortaleza de Minas e Passos registram incidência muito alta de possíveis casos

Foram registrados neste ano em Minas Gerais 140.754 casos prováveis (casos confirmados + suspeitos) de dengue até o momento (dados atualizados em 22/04). Também foram confirmados 14 óbitos, além de 57 óbitos que estão em investigação.

A SES-MG esclarece que um registro maior de casos é esperado para este período (meses quentes e chuvosos) devido à sazonalidade da doença. Dessa forma, o estado está em situação de alerta para esse aumento no número de casos das doenças transmitidas pelo Aedes (dengue, chikungunya e zika). A SES-MG ainda destaca que as ações de controle da Dengue, Zika e Chikungunya são permanentes, ocorrendo durante todo o ano.

Na Unidade Regional de Saúde (URS) que Jacuí faz parte, Fortaleza de Minas registrou 38 possíveis casos de dengue. São João Batista do Glória e São Tomás de Aquino são outros municípios de até 25.000 habitantes com incidência de casos prováveis de dengue acima de 300 casos/100.000 habitantes.

São Sebastião do Paraíso, cuja a população é de 70.450 habitantes, registrou 230 possíveis casos de dengue. Em Passos, município com maior número de habitantes de sua URS, foram registrados 575 possíveis casos.

Das cidades citadas, São Tomás de Aquino (1420,05), Fortaleza de Minas (866,20) e Passos (504,39) estão com incidência muito alta (mais de 500 casos prováveis por 100.000 habitantes) de casos prováveis de dengue.

Os dados foram divulgados pela SES-MG.

Etiquetas
Mostrar mais

Gabriel Baquião Vidigal

Graduando em Ciência da Computação pelo Instituto Federal do Sul de Minas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo